CIMBAL

AGENDA

Entidades Parceiras

    • ACOS - Agricultores do Sul
  • ACOS - Agricultores do Sul

    ACOS é uma Associação de Agricultores de âmbito regional, criada em 27 de Setembro de 1983, constituída por cerca de 1200 associados, que representam um efetivo de 300.000 ovinos, 30.000 caprinos e 40 000 bovinos.

    A maioria dos seus associados concentra-se no Sul do país, com destaque para o Baixo Alentejo que é a área de maior influência.

    A ACOS tem por fim o desenvolvimento da agricultura, da pecuária, da floresta, da agro-indústria e de todas as atividades do meio rural, nos seus aspetos científicos, técnicos e socioeconómicos e a defesa dos interesses dos seus associados enquanto produtores agrícolas, pecuários, florestais, agro-industriais e outros empresários.

    Com o decorrer dos anos a sua atividade foi-se estendendo a outras áreas do desenvolvimento económico e social da nossa região. Para isso muito contribuiu a ideia inicial dos seus sócios fundadores de criar uma exposição agrícola na nossa região, a Ovibeja, que nasce com a criação da própria associação e que tem acompanhado a par o seu desenvolvimento.

    Site: www.acos.pt 

    .

    • ADRAL - Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo
  • ADRAL - Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo

    A ADRAL é uma Sociedade Anónima composta por 66 acionistas e promove o desenvolvimento regional do Alentejo e o fortalecimento da sua base económica e produtiva, em cooperação com os demais agentes e entidades da região, do País ou de outros países, nomeadamente dos que integram a União Europeia, cuja atividade concorra para o mesmo fim.

    Site: www.adral.pt

    • Alentejo XXI - Associação de Desenvolvimento Integrado do Meio Rural
  • Alentejo XXI - Associação de Desenvolvimento Integrado do Meio Rural

    Alentejo XXI foi criada em 10 de janeiro de 1995 com o propósito de intervir no domínio do desenvolvimento Integrado do Meio Rural. É uma Entidade sem fins lucrativos.

    Tem como objetivos a promoção e o apoio à criação de iniciativas. Visa o desenvolvimento integrado do Meio Rural em articulação com os centros urbanos.

    Encontra-se consubstanciada numa parceria local alargada, de natureza inter-institucional.

    Construída para promover iniciativas e ações de desenvolvimento local, num esforço de aproveitamento de oportunidades e recursos presentes na zona de intervenção.

    Site: www.alentejoxxi.pt

    • AMBAAL - Associação de Municípios do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral
  • AMBAAL - Associação de Municípios do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral

    A Associação de Municípios do Distrito de Beja, foi constituída em 23 de janeiro de 1981, sendo a Associação de Municípios mais antiga do País.

    Em 2005, por força da Lei 11/2003, é extinta a AMDB, sucedendo-lhe a Associação de Municípios do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral - a AMBAAL.

    São associados da AMBAAL 18 municípios – 14 do Distrito de Beja e 4 do Distrito de Setúbal, designadamente: Alcácer do Sal, Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Beja, Barrancos, Castro Verde, Cuba, Ferreira do Alentejo, Grândola, Mértola, Moura, Odemira, Ourique, Santiago do Cacém, Serpa, Sines e Vidigueira. Portanto, na AMBAAL agregam-se as sub-regiões do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral.  A AMBAAL assume todo o passado pioneiro e reconhecido da AMDB, enquanto entidade vocacionada para o desenvolvimento regional.

    A AMBAAL tem os seguintes fins públicos: Desenvolvimento Económico, Ambiente, Ensino/Formação Profissional, Sociedade de Informação – Modernização Administrativa e Cultura.


    Site: www.ambaal.pt

    • ANAFRE - Associação Nacional de Freguesias (Delegação de Beja)
  • ANAFRE - Associação Nacional de Freguesias (Delegação de Beja)

    As Freguesias Portuguesas consciencializaram-se, desde muito cedo, da sua importância como “pessoas coletivas territoriais que visam a prossecução de interesses próprios” dentro do ordenamento jurídico-constitucional do País.

    Com o objetivo supremo de promover a autonomia das Freguesias Portuguesas face ao Poder Central e aos próprios Municípios, um grupo de autarcas tomou a iniciativa de constituir uma Associação de Freguesias.

    A 25 de Junho de 1988, em reunião levada a cabo na cidade de Coimbra, foi instituída a Comissão Instaladora da ANAFRE – Associação Nacional de Freguesias – relevante efeméride do movimento associativo das Freguesias Portuguesas.

    Esta Comissão, mandatada para o efeito, convocou o I Congresso Nacional das Freguesias para os dias 18, 19 e 20 de Novembro de 1988, no Palácio de Cristal, na cidade do Porto, onde se procedeu à discussão e votação de um projeto de Estatutos da ANAFRE.

    Site: www.anafre.pt

    • ANA - Aeroportos de Portugal
  • ANA - Aeroportos de Portugal

    ANA - Aeroportos de Portugal, SA tem como missão gerir de forma eficiente as infraestruturas aeroportuárias a seu cargo, ligando Portugal ao mundo, e contribuir para o desenvolvimento económico, social e cultural das regiões em que se insere.   É ainda objeto da sua missão oferecer aos seus clientes um serviço de elevada qualidade, criando valor para os acionistas e assegurando elevados níveis de qualificação profissional e motivação dos seus colaboradores.

    Site: www.ana.pt

    • Associação de Comércio e Turismo do Distrito de Beja
  • Associação de Comércio e Turismo do Distrito de Beja

    A Associação do Comércio, Serviços e Turismo do Distrito de Beja assume-se, nos termos dos seus estatutos, como uma entidade sem fins lucrativos, dotada de personalidade jurídica e utilidade pública, de abrangência distrital, constituída por empresários dos ramos do comércio e serviços. No âmbito da sua atividade pode criar novos serviços e estabelecer parcerias que se enquadrem numa estratégia de desenvolvimento previamente delineada e que vão ao encontro das necessidades dos seus associados.

    Este nível de abrangência exige uma afetação de recursos, físicos e humanos, nem sempre fácil de suportar economicamente. A diversidade de áreas de intervenção e o acréscimo do nível de exigência por parte das entidades reguladoras dos diversos sectores económicos são fatores decisivos para novos desenvolvimentos na sua carteira de serviços. As constantes alterações do contexto onde se insere exigem da sua estrutura interna permanentes mecanismos de adaptação.

    A intervenção institucional, ao longo do último ano, ficou marcada por um maior nível de envolvimento com as restantes instituições da região e consequentemente com uma maior abertura da parte destas para a conceção e implementação de projetos estruturantes da função comercial no Distrito de Beja

    Site: www.scstdb.com

    • EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas de Alqueva
  • EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas de Alqueva

    Contribuindo para o desenvolvimento, não só da região, mas também do País, a EDIA, enquanto Empresa gestora do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva e responsável por um instrumento relevante para dinamização da economia, posiciona-se como uma referência estratégica.

    Até ao encerramento das comportas da barragem de Alqueva, e consequente enchimento da sua albufeira, a EDIA afirmou-se como a Empresa garante da construção das infraestruturas.

    Consciente do papel que assumia na região e com o objetivo de associar às infraestruturas do Projeto de Alqueva polos de desenvolvimento, apostou na perspetiva empresarial na sua orientação.

    Hoje a EDIA é reconhecida a nível nacional e, também além-fronteiras, como uma Empresa sólida e estratégica para a promoção do projeto, rentabilizando-o na sua componente agrícola; para a promoção da região, enquanto zona de referência para novos investimentos; para o estabelecimento de pontes facilitadoras entre investidores e empresários locais, tendo em vista parcerias em diversas áreas de negócio, para além de ser responsável direta pela conceção, construção e exploração das infraestruturas que estão afetas ao Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva.

    Site: www.edia.pt

    • ERT - Turismo Alentejo
  • ERT - Turismo Alentejo

    A Turismo do Alentejo, E.R.T. tem por missão a valorização e o desenvolvimento das potencialidades turísticas da respetiva área regional de turismo, a sua promoção no mercado interno alargado, compreendido pelo território nacional e transfronteiriço com Espanha, bem como a gestão integrada do destino no quadro do desenvolvimento turístico regional, de acordo com as orientações e diretrizes da política de turismo definida pelo Governo e os planos plurianuais da administração central e dos municípios que a integram.

    Site: www.visitalentejo.pt

    • ESDIME - Agência para o Desenvolvimento Local no Alentejo Sudoeste
  • ESDIME - Agência para o Desenvolvimento Local no Alentejo Sudoeste

    Do Projeto Experimental de Formação para o Desenvolvimento de Micro-Regiões Rurais (Messejana - 87/90) à Agência para o Desenvolvimento Local no Alentejo Sudoeste.

    A Esdime tem por objetivo apoiar e potenciar o desenvolvimento integrado e participado do Alentejo Sudoeste integrando os vetores económico, social e cultural

    Site: www.esdime.pt

    • FAABA - Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo
  • FAABA - Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo

    A Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo foi constituída em janeiro de 2004 com a missão de reforçar o associativismo regional construído a partir das bases. Tem como objeto defender os interesses das associações filiadas perante os poderes públicos e instâncias comunitárias, bem como outras organizações nacionais e internacionais. Para tal, a Federação promoverá as ações consideradas necessárias que conduzam ao conhecimento da atividade económica dos membros das associações federadas e à divulgação de normas relativas às disciplinas da produção, da qualidade e da comercialização de produtos.

    Site: www.faaba.net

    • IPBeja - Instituto Politécnico de Beja
  • IPBeja - Instituto Politécnico de Beja

    O Instituto Politécnico de Beja é uma instituição de ensino superior ao serviço da sociedade, destinada à produção e difusão do conhecimento, criação, transmissão e difusão da cultura e do saber de natureza profissional, da investigação orientada e do desenvolvimento experimental, concentrado especialmente em formações vocacionais e em formações técnicas avançadas, orientadas profissionalmente e incentivando a formação ao longo da vida.

    Site:www.ipebeja.pt

    • NERBE/AEBAL - Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral
  • NERBE/AEBAL - Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral

    Fundado em 1987 o NERBE – Núcleo Empresarial da Região de Beja surgiu face à necessidade sentida, por um grupo de empresários do Distrito de Beja, da existência de um estrutura que defendesse os interesses específicos da indústria regional.

    Com sede em Beja, funcionou inicialmente como delegação da AIP e tendo como objetivos, promover o desenvolvimento económico da região e, fortalecer o tecido empresarial do distrito de Beja.

    Em 1 de janeiro de 1991, após alguns anos de intensa atividade e experiência acumulada como delegação da AIP, o NERBE passou a ser uma associação regional dotada de personalidade jurídica. Mais tarde a 11 de agosto de 1992, foi reconhecida pelo senhor Primeiro Ministro Professor Doutor Aníbal Cavaco Silva como pessoa coletiva de utilidade pública e em 29 de Abril de 1994 a Câmara Municipal de Beja atribui-lhe a medalha de Mérito Municipal.  

    A 6 de maio de 1998 em Assembleia Geral Extraordinária, o NERBE decidiu proceder à alteração dos seus Estatutos passando a partir daí, a designar-se por NERBE/AEBAL – Associação Empresarial do Baixo Alentejo e Litoral.

    Site: www.nerbe.pt

    • Rota do Guadiana - Associação de Desenvolvimento Integrado
  • Rota do Guadiana - Associação de Desenvolvimento Integrado

    Rota do Guadiana – Associação de Desenvolvimento Integrado é uma entidade privada sem fins lucrativos constituída por cerca de 60 associados, dos quais 12 são sócios coletivos

    Criada em 1992, assume-se ela própria como uma iniciativa de desenvolvimento local, construída com base em parcerias locais e interinstitucionais, de que são exemplo Autarquias Locais, Escolas Profissionais, Associações de Desenvolvimento, IPSS's, Coletividades Recreativas e Culturais, etc. .

    Site: www.rotaguadiana.org

    • Terras Dentro - Associação para o Desenvolvimento Integrado
  • Terras Dentro - Associação para o Desenvolvimento Integrado

    Terras Dentro nasceu em Alcáçovas no ano de 1991. Deram-lhe origem a Junta de Freguesia, a Câmara Municipal de Viana do Alentejo e um grupo de cidadãos empenhados no desenvolvimento da sua terra.

    A Terras Dentro trabalha de forma integrada e reconhecida nas seguintes áreas: Empreendedorismo e Animação Territorial (GAL Terras Dentro - PRODER); Educação e Formação (entidade formadora acreditada pela DGERT); Ambiente (ONGA - entidade equiparada a organização não governamental de ambiente); Solidariedade (IPSS - instituição particular de solidariedade social); Cooperação para o Desenvolvimento (ONGD - organização não governamental para o desenvolvimento).

    É entidade reconhecida de UTILIDADE PÚBLICA, desde 1997.

    Site: www.terrasdentro.pt

    • ULSBA - Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo
  • ULSBA - Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo

    A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, EPE integra o Hospital José Joaquim Fernandes (Beja), o Hospital de São Paulo(Serpa) e o Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Alentejo (Unidade de Saúde Pública e todos os centros de saúde do distrito de Beja, com excepção do Centro de Saúde de Odemira), incluindo perto de 70 Extensões de Saúde. 

    A ULSBA conta ainda com a colaboração de cerca de 1.750 profissionais que dão o seu melhor, dia após dia, pela sua Saúde! 

    http:www.hbeja.min-saude.pt

Iniciativas

Petição AMAlentejoPlano Estratégico de Desenvolvimento do  Baixo Alentejo 2014-2020 - dezembro 2014Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial do Baixo Alentejo 2014-2020Museu Regional de BejaDiário do AlentejoPortugal 2020 - projetos financiadosSistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E)Prominent MED