CIMBAL

AGENDA

“Aquisição de equipamentos de proteção individual para combate a incêndios em espaços naturais – Baixo Alentejo”

A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL), entregou desde o mês de dezembro de 2014 até ao início de março 2015, em articulação com os 13 municípios associados, todos os equipamentos de proteção individual (EPI´s) para combate a incêndios em espaços naturais, às 13 corporações de bombeiros da região. O anúncio foi efetuado numa cerimónia realizada no dia 15 de dezembro de 2014, nas instalações da CIMBAL, em Beja. Estiveram presentes, além dos presidentes da CIM e dos Municípios, o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Rodeia Machado, o Comandante Operacional Distrital de Beja, Tenente Coronel Victor Cabrita e vários bombeiros das 13 corporações contempladas.

  

Foram entregues 1636 equipamentos: 166 capacetes, 327 cogulas, 392 fatos de proteção individual, 368 luvas e 383 botas.

    

A aquisição destes equipamentos foi efetuada através de procedimento por Ajuste Direto, no valor final de 157.575,40€, financiada em 85% pelo Programa Operacional Temático Valorização do Território – POVT, correspondendo a despesa elegível s/ IVA a 128.110,08, e apresenta a comparticipação nacional repartida pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (7,5%) e pelos 13 municípios da CIMBAL (7,5%), de acordo com os Protocolos de Cooperação celebrados entre a Comunidade do Baixo Alentejo, Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Liga de Bombeiros Portugueses e as corporações de bombeiros e Protocolo de Parceria, celebrado entre a CIM do Baixo Alentejo e os 13 Municípios.

Por forma a garantir que as características dos fardamentos de combate a incêndios entregues estão de acordo com as normas exigidas no concurso, cuja base foi proveniente da Autoridade Nacional de Proteção Civil, garantindo que são fatos ignífugos que retardam a propagação das chamas, protegendo os bombeiros contra riscos de exposição ao fogo, foi apresentado pelo fornecedor o certificado da Auditoria efetuada pelo Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE), aos fatos de proteção individual entregues.

A presente candidatura enquadra-se no Eixo Prioritário II – Sistemas Ambientais e de Prevenção, Gestão e Monitorização de Riscos, Regulamento Específico Prevenção e Gestão de Riscos Naturais e Tecnológicos – Ações Materiais. Foi promovida pela Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) em parceria com os municípios associados (Aljustrel, Almodôvar, Alvito, Barrancos, Beja, Castro Verde, Cuba, Ferreira do Alentejo, Mértola, Moura, Ourique, Serpa e Vidigueira) e a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

 

Os objetivos principais da operação são:

   .Reforço dos equipamentos necessários ao processo de proteção civil;

   .Valorização das organizações e dos agentes de proteção e socorro;

    .Melhoria do Sistema Distrital de Proteção Civil.

 

 

Financiado por:  

          

 

Iniciativas

Petição AMAlentejoPlano Estratégico de Desenvolvimento do  Baixo Alentejo 2014-2020 - dezembro 2014Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial do Baixo Alentejo 2014-2020Museu Regional de BejaDiário do AlentejoPortugal 2020 - projetos financiadosSistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E)